Professor da Faculdade de Engenharia na lista restrita dos mais citados (Universidade de Stanford)

O Professor Doutor Pedro Carlos Fernandes, Docente da Faculdade de Engenharia (ULHT) faz parte da restrita lista de Docentes/Investigadores divulgada recentemente pela Universidade de Stanford (Estados Unidos). Esta lista representa os 2% dos cientistas mais citados em várias áreas científicas e é reconhecimento a nível internacional da sua longa e profícua produção científica. Parabéns Professor Pedro Fernandes!

https://data.mendeley.com/datasets/btchxktzyw/2

Paúl de Manique do Intendente quer ganhar o estatuto de reserva natural

Depois de ter criado passadiços e um posto para observação da fauna e flora, a Câmara de Azambuja quer agora envolver a população na preservação e divulgação desse património ambiental.

Para que o Paúl de Manique do Intendente, no concelho de Azambuja não volte a cair no esquecimento, o novo projecto “Paúl Natura – Conhecer para proteger” vai estar assente em várias fases que envolvem a participação pública. Segundo explicou Anabela Cruces, Professora da Universidade Lusófona e coordenadora do projecto, que viu recentemente a sua candidatura ao Fundo Ambiental aprovada, vão existir várias sessões que visam a aproximação da comunidade ao paúl e ouvir as suas “expectativas para a gestão futura deste espaço”.

O projecto terá como fio condutor a criação da futura Reserva Natural Local do Paúl de Manique e a sua integração na rede de áreas protegidas do Instituto de Conservação da Natureza e Florestas (ICNF).

Numa primeira fase vão ser auscultados autarcas, protecção civil, bombeiros, empresários, comunidade escolar, comunicação social e comunidade local, para depois ser implementada uma estratégia sólida de divulgação da riqueza que existe no paúl, através das redes sociais, página web, vídeos e actividades com a comunidade.

Este projecto liderado pela Universidade Lusófona tem como parceiros a Câmara de Azambuja, a Junta da União de Freguesias de Manique do Intendente, Vila Nova de São Pedro e Maçussa, o Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja e a Cooperativa de Formação e Animação Cultural.

Luís de Sousa, presidente da Câmara de Azambuja, disse a O MIRANTE que o objectivo é aliar o esforço que a autarquia fez para tornar aquele espaço num cartão de visita para o concelho criando passadiços e um observatório e aliando à sua conservação o conhecimento das espécies e desenvolvimento do turismo de natureza.

Até aqui apenas os alunos do Agrupamento de Escolas do Alto de Azambuja visitavam e estudavam o paúl, onde estão identificadas mais de 180 espécies, num projecto escolar liderado pelo professor de ciências naturais, José Ramalho. Anabela Cruces adiantou que outro objectivo deste projecto é alargar o conhecimento e investigação deste ecossistema a alunos de outras escolas e da Universidade Lusófona.

O Paúl de Manique do Intendente é um ecossistema com 18 hectares de terreno, adquiridos pela Câmara de Azambuja, onde se podem encontrar centenas de espécies como o caimão-comum, a lontra, a cegonha-preta, o junco e o cágado-de-carapaça-estriada, que está em vias de extinção.

CURSO AVANÇADO SOBRE MODELOS DE RECOLHA SELETIVA DE BIORRESÍDUOS, 22 DE OUTUBRO

A APEA vai organizar, na manhã de dia 22 de outubro, um Curso Avançado sobre Modelos de Recolha Seletiva de Biorresíduos, naquela que será mais uma iniciativa formativa que visa promover a atualização de conhecimentos dos profissionais do setor numa temática tão relevante para o futuro mais sustentável da gestão de resíduos em Portugal.

CONTEÚDO PROGRAMÁTICO (9H30 – 13H30)

  1. Modelos de recolha seletiva de biorresíduos na Europa (1 hora)
    Casos de estudo e exemplos
    1.1. Recolha coletiva de biorresíduos – superfície e enterrada
    1.2. Recolha porta-a-porta
    1.3 Recolha com sacos

    2. Modelos de recolha em Portugal (1 hora)
    2.1 Identificação dos principais desafios da recolha de biorresíduos
    2.2 Recolha de biorresíduos consolidadas – Porto, Lisboa
    2.3 Casos de estudo e projetos de implementação em zonas predominantemente e medianamente urbanas, e em áreas rurais

    3. Recolha de biorresíduos por substituição (1 hora)
    3.1 Formas de substituição da recolha indiferenciada
    3.2.Calendarização e integração da recolha seletiva com a indiferenciada

    4. Discussão e caso prático de otimização da recolha seletiva de biorresíduos (1 hora)

Poderá inscrever-se utilizando o seguinte botão (inscrição de 60€ para sócios da APEA e estudantes, professores e funcionários do Grupo Lusófona):

Inscrição Curso Avançado

 

WEBINAR COMEMORATIVO DOS 35 ANOS DA APEA, 23 DE OUTUBRO

Contributo da Estratégia Nacional para o Hidrogénio (EN-H2) para a Descarbonização e Transição Energética – Debate

Webinar Comemorativo dos 35 anos da APEA irá decorrer na manhã do dia 23 de outubro. Com esta iniciativa pretende-se promover um debate aberto e esclarecido sobre uma temática que tem vindo a suscitar amplo e acesso debate na sociedade portuguesa.

PROGRAMA

9h15 – 9h30 Intervenção inicial do Presidente da APEA sobre os 35 anos da associação

– Pedro Fonseca Santos (Presidente da Direção da APEA)

9h30 – 11h30 Painel de debate moderado por Sérgio Carmo Fonseca (Direção da APEA) com as seguintes participações:

– Teresa Ponce Leão (Presidente do Conselho Diretivo do LNEG)

– Patrícia Fortes (Investigadora Doutora do CENSE, FCT-UNL)

– António Bob dos Santos (Administrador da ANI)

– João Camargo (Investigador Doutorado sobre Alterações Climáticas, ICS-UL)

Convidamos todos o(a)s Associado(a)s a participarem neste Webinar, de acesso gratuito, sendo suficiente inscreverem-se através do botão abaixo disponibilizado ou através do email eventos@apea.pt

Inscrição Webinar 35 Anos APEA

Sessão de Acolhimento: Engenharia Biomédica

Inserido no plano de sessões de acolhimento dos novos Alunos de Engenharia Biomédica, terá lugar no próximo dia 7 de outubro, 11 horas (Sala A.1.3) a sessão de apresentação do projeto exploratório sobre a Pesquisa de Compostos Bioactivos em Cynara cardunculus utilizando Espectroscopia de Infra-vermelho e algoritmos de Machine learning: estudo preliminar.

Sala A.1.3, 11 horas.